Voltar para blog 15 mai 2019
A pensar em vender casa? Os melhores e piores conselhos que encontra na internet.
Já sabemos quais os melhores e piores conselhos que encontramos na internet sobre a compra de casa. E quando estamos a tentar vender um imóvel? Que sugestões encontramos online?

Com acesso a informação quase infinita, compreende-se porque é que a internet o meio primordial no qual se buscam respostas para as nossas questões. 

Quando se pretende vender um imóvel, as primeiras análises e pesquisas feitas servem, na maioria dos casos, para encontrar um valor e avaliar a viabilidade do negócio. 

É logo nesta fase que começam os problemas. A multiplicidade de informações contraditórias não ajuda a tomar decisões.

Hoje, apresentamos os melhores e piores conselhos que encontra na internet sobre a venda de uma propriedade. 

1 - "Encontrou na net um imóvel para venda localizado na mesma área parecido com o seu? Venda pelo mesmo preço!". Falso. 

São conselhos como estes, muito frequentes dentro e fora da Internet, que levam muitos vendedores à frustração. 

Avaliar um imóvel envolve o estudo de imensas variáveis. Mesmo os profissionais que lidam com estes processos diariamente têm muita prudência e cuidado na hora de definir preços de venda. Mesmo dois imóveis muito similares raramente têm valores de mercado idênticos. 

Ao estimar o preço do seu imóvel com base nas pesquisas nos portais, por exemplo, corre o risco de subavaliar a propriedade, e perder dinheiro, ou de definir um preço tão elevado que não irá despertar interesse aos compradores. 

Qual a solução? Confiar a avaliação da sua propriedade a um avaliador ou consultor imobiliário. 

2 - "Não precisa de um consultor imobiliário para vender a sua casa. Com o mercado em alta ela vende-se praticamente sozinha." Falso. 

Vender uma casa exige conhecimentos específicos.

Para evitar grandes dores de cabeça é sempre necessário a ajuda de um profissional. Sempre defendemos a contratação de um consultor imobiliário nas transações de imóveis, seja compra ou venda. E isso não irá mudar. 

No caso da venda de um imóvel recomendamos, também, a assinatura de um contrato de exclusividade que garante um serviço de melhor qualidade por parte do agente imobiliário.

Caso opte por vender a casa sem o auxílio de um consultor, esteja preparado para atender dezenas de telefonemas ao longo do dia, para abrir a porta de casa para visitas de desconhecidos e para responder a todas as questões que os compradores possam ter sobre os processos legais da transação. 

 

3 - "Contratei os serviços da Agência do meu bairro e o consultor Fulano ajudou-me a transacionar o meu imóvel. Correu tudo 5 estrelas". Acredite, mas investigue. 

Encontrar informações positivas sobre uma determinada agência ou consultor ajuda sempre na hora de selecionar um profissional.

Interaja com as pessoas que partilharam opinião para perceber se o que é dito/escrito é confiável. Cada profissional tem uma maneira própria de trabalhar e alguns métodos podem, ou não, adequar-se ao que espera do consultor. 

4 - " O meu agente imobiliário sugeriu que fizesse obras na casa antes de vender. Gastei pouco e vendi a casa por muito mais dinheiro". Acredite. 

Se há conselhos nos quais deve acreditar, este é um deles. Apesar de muitos proprietários ainda acharem estranho, investir algum dinheiro em pequenas obras pode significar maior retorno. 

Questione o seu consultor imobiliário para perceber o que pode ser melhorado no imóvel para despertar maior interesse dos compradores. 

Os grupos das redes sociais e fóruns são ótimos canais para recolher informações úteis sobre os processos de compra e venda de propriedades. No entanto, deve confirmar cada dado recolhido em mais de uma fonte. Assim despistará conselhos que podem resultar numa tomada de decisão errada. 

 

Partilhar este post nas redes sociais