Voltar para blog 31 out 2019
Facebook: 5 dicas para consultores imobiliários

Estar presente nas redes sociais é requisito essencial para a maioria dos profissionais que prestam um serviço ao público. Os agentes imobiliários não são exceção.


Em Portugal, passamos, diariamente, em média, cerca de duas horas e nove minutos a navegar nos perfis sociais. 


O Facebook continua a ser a plataforma mais usada, mas o Whatsapp e Instagram apresentam taxas de crescimento e utilização que as tornam já obrigatórias para quem quer desenvolver uma estratégia digital. A curiosidade? Tanto o Whatsapp como o Instagram, são propriedades do Facebook.

Para os profissionais da mediação imobiliária, esta realidade significa que boa parte dos clientes, quer sejam compradores ou vendedores, estão nas redes sociais. Eles não só utilizam as redes para a procura direta de casa, como também para a pesquisa de profissionais e contacto com consultores ou agências imobiliárias.

Por estes motivos, os consultores imobiliários devem utilizar, de forma eficiente, estas plataformas para criar uma pegada digital que cria uma boa reputação e permite que seja encontrado quando potenciais clientes procuram um agente.

Existem 5 boas práticas para dominar as redes sociais.

1 - Crie uma página profissional

Muitas vezes, os consultores fazem uso dos perfis pessoais para promover o seu negócio, mas essa prática é desaconselhada. Há duas desvantagens óbvias:

1 – satura a sua família e amigos com conteúdo que não lhes interessa;

2 – sempre que partilha algo mais pessoal (foto de família, opinião sobre um assunto..) estará a mostrá-lo a potenciais clientes que podem criar uma opinião sobre si que não reflete a sua conduta profissional.

Numa página profissional pode divulgar conteúdo comercial e pessoal, desde que devidamente ponderado. Partilhe somente conteúdo que acha importante para quem quer trabalhar consigo.

Tecnicamente, os perfis e páginas profissionais têm também mais funcionalidades especificas que ajudam as empresas/negócios a promover conteúdo e a apresentar informação de contacto mais completa.

2 – Esteja presente em grupos nas redes sociais

Comece já a trabalhar os grupos.

O Facebook, por exemplo, está a dar mais destaque às comunidades. À medida que o algoritmo da plataforma tem diminuído o alcance das páginas profissionais, tem aumentado o dos grupos.

Os grupos reúnem pessoas com os mesmos interesses. Há imensas comunidades em que o foco é a apresentação de oportunidades imobiliárias. Pesquise e adira aos grupos que fazem sentido para a sua estratégia.

Esteja atento às regras de cada comunidade. Não desperdice as oportunidades de participar numa comunidade altamente interessada num assunto ao infringir o que é permitido.

3 – Seja relevante no que partilha

Quer nos grupos onde participa, quer na própria página profissional.

Produzir conteúdo sistemático e relevante é uma excelente maneira de comunicar nas redes sociais. E a palavra chave é mesmo “relevante”. Não se limite, como é habitual ver, a depositar links para as suas angariações. Partilhe notícias locais, tire fotos de eventos ou novas inaugurações na sua zona de ação… ponha-se sempre no lugar do seu seguidor e pense: Iria achar isto interessante? Este conteúdo faria com que parasse de fazer scroll?

Nunca se esqueça de incluir a sua marca pessoal e de ter cuidado com o humor e questões relacionadas com política, futebol e religião.

4 – Defina o público-alvo

Nas redes sociais nem sempre mais é melhor.

Não se deixe contagiar pelas métricas de vaidade como “gostos” ou “seguidores”.

Um dos erros mais comuns quando se cria uma página profissional, é pedir aos amigos e familiares para “gostar” da página. Evite esta prática, porque, a longo prazo apenas trará complicações (quando quiser anunciar para uma audiência similar à da sua página, por exemplo).

Em vez disso, envie uma newsletter ou SMS para a sua BD de clientes a informar que já o podem seguir na rede social. Assim constrói um publico que, de facto, se interessa pelo seu trabalho.

5 – Promova conteúdos exclusivos para a sua rede de contactos

Uma das fantásticas vantagens das plataformas digitais é a segmentação do público. Promover conteúdo específico para um determinado grupo de seguidores ou tipos de pessoa é relativamente simples. O afunilar da comunicação, talhada para o estado do cliente, potencia a transformação de leads em reais oportunidades.

Usar as redes socias de forma profissional é um grande passo para fazer mais negócios.

Mas lembre-se que os perfis de redes sociais nem sempre refletem a real personalidade das pessoas. Priorize, sempre, o contato direto para que possa avaliar, convenientemente, as necessidades e comprometimento dos interessados.

Partilhar este post nas redes sociais