Voltar para blog 09 set 2020
8 mitos sobre Consultores Imobiliários

Todas as profissões têm alguns mitos ou clichés associados. É impossível negar. 

 

O consultor imobiliário não é exceção. Todos os agentes, já lidaram, ou continuam a lidar, com clientes que se baseiam em mitos para julgar a postura ou trabalho do mediador. 

 

Hoje vamos desmistificar algumas ideias preconcebidas que teimam em aparecer quando se fala sobre o trabalho dos consultores imobiliários.

 

 

1 - Os consultores imobiliários ganham, facilmente, muito dinheiro

 

Se há alguém que ganha dinheiro fácil na transação de um imóvel não é o consultor.

 

Para concluir todo processo de venda de uma propriedade são necessárias muitas horas de dedicação. É preciso definir, e implementar, toda a estratégia de promoção do imóvel, falar com clientes compradores, lidar com o proprietário, marcar e fazer visitas... é uma tarefa que exige muita concentração e responsabilidade.

 

E, para além do processo de venda, o consultor tem que estar, constantemente, a angariar novos imóveis, a trabalhar a marca pessoal e a realizar formações.

 

Também é verdade que, às vezes, os consultores ganham muito dinheiro, mas isso é apenas a consequência de um grande esforço.

 

 

2 - Os consultores trabalham às horas que querem

 

A flexibilidade no horário de trabalho é, sem dúvida, um dos pontos mais importantes do dia-a-dia do consultor.

 

Para estar disponível para atender os clientes, os consultores trabalham, quase sempre, fora do horário "normal". Os feriados e fins de semana são habitualmente usados para organizar visitas a imóveis.

 

Portanto, os agentes imobiliários não trabalham às horas que desejam, mas sim às horas que os clientes podem.

 

 

3 - Os consultores demoram a adotar as novas tecnologias

 

Hoje em dia, nenhum profissional se pode dar ao luxo de não utilizar, ou compreender, as novas tecnologias. Os consultores, e agências imobiliárias, têm sido muito ativos na utilização das novas ferramentas tecnologias para promover imóveis e marcas.

 

 

4 - Qualquer pessoa pode ser um consultor imobiliário

 

Ser consultor é um trabalho que exige grande nível de comunicação, ótima capacidade de aprendizagem, disponibilidade para constante formação e, principalmente, muita motivação.

 

Só quem tem estas características é que pode ser um excelente consultor.
 

 

5 - Os consultores imobiliários não precisam de estudar

 

A formação de um consultor imobiliário é imprescindível. Os melhores profissionais investem muito tempo e dinheiro em formações especializadas.

 

O mercado está em constante mudança e só através da formação é que os agentes se mantêm atualizados, não só com todas as alterações legais, mas também com novos métodos de trabalho.
 

 

6 - Os consultores imobiliários estão na profissão temporariamente

 
O ramo imobiliário é uma área que exige dedicação e empenho. Ser consultor exige muito. Não serve como trabalho temporário.

 

 

7 - Os consultores pensam apenas na comissão, não se importam com os clientes

 

A preocupação com os clientes leva a melhores comissões.

 

Os profissionais de sucesso prestam um serviço de qualidade excecional baseado no acompanhamento personalizado. Os agentes que trabalham em regime de exclusividade são exímios na condução dos processos e procuram corresponder, constantemente, às expectativas dos clientes.

 
Os consultores que não se focam no bom atendimento ao cliente não ficarão muito tempo em atividade.

 

 

8 - A profissão de consultor imobiliário está com os dias contados

 

Este mito não tem qualquer fundamento.

 

Por muitas mudanças que existam no mercado imobiliário, será, sempre, necessária a ajuda de um profissional qualificado para comprar ou vender casa.

 

Engane-se quem pensa que é simples colocar uma propriedade no mercado e vender, mesmo num mercado em alta. A promoção das propriedades deve ser feita por profissionais especializados e os trâmites legais devem ser conduzidos por alguém que está a par com todos os requisitos necessários.

 

Os consultores imobiliários são, e serão, insubstituíveis.

 

 

Partilhar este post nas redes sociais